21 Best-sellers originalmente lançados como livros autopublicados

O francês Marcel Proust autopublicou Em busca do tempo perdido. O Ulisses, do irlandês James Joyce, também foi autopublicado por seu autor (com a preciosa ajuda da livreira americana Nancy Woodbridge "Sylvia" Beach).

O mesmo processo de autopublicação aconteceu com O triste fim de Policarpo Quaresma, do brasileiro Lima Barreto, Um Conto de Natal, do inglês Charles Dickens e uma série de outros livros, em vários países, que acabaram se transformando em best-sellers.

Criamos um painel no Pinterest que atualizaremos, periodicamente, com capas de livros que em um primeiro momento foram publicados por seus próprios autores, para depois “caírem nas graças” dos seus leitores e se tornarem sucessos de venda.


Para saber mais

License

Feedback/Errata

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *